Top 5 dicas essenciais para aumentar reserva direta

//Top 5 dicas essenciais para aumentar reserva direta

Top 5 dicas essenciais para aumentar reserva direta

As agências de viagens on-line (OTAs – Online Travel Agencies), como a Expedia ou o Booking.com, são responsáveis por grande parte das reservas online de quartos de hotel, porém exigem 10 a 15% nas taxas de comissão. Os hotéis independentes são particularmente dependentes destas plataformas – em média, 76 por cento das reservas de hotéis independentes são feitas através de OTAs (Online Travel Agencies). A Morgan Stanley Research estima que a indústria hoteleira global registou receitas de 570 mil milhões de dólares no ano passado, sendo que: os hotéis independentes levaram cerca de 11 mil milhões de dólares, enquanto as OTAs (Online Travel Agencies) geraram 16 mil milhões de dólares em comissões. No entanto, mais reservas diretas significam maior rentabilidade. Portanto, a questão é – como aumentar o número de reservas diretas do seu hotel? Siga as dicas a seguir e aumente suas receitas.

1 – Use agências de viagens on-line (OTAs – Online Travel Agencies) para divulgar a propriedade

Muitos clientes descobrem o seu hotel através de uma agência de viagens on-line, mas visitam o seu site, para fazer uma reserva diretamente no site. As propriedades que estão registadas em OTAs (Online Travel Agencies), aumentam as suas reservas diretas em até 26%.

As agências de viagens on-line (OTAs – Online Travel Agencies) são muito utilizadas para uma pesquisa inicial – de acordo com o Tripadvisor, 57% das pessoas inquiridas em todo o mundo, usaram uma OTA (Online Travel Agencie) para ajudar a planear suas viagens, no entanto nem todas reservaram o hotel através das plataformas. A empresa Google afirma que 52% dos turistas visitam o site do hotel depois de verem a propriedade numa OTA (Online Travel Agencie). Os proprietários, devem usar as agências de viagens on-line para dar a conhecer a propriedade on-line, mas precisam de garantir que um possível visitante faça a reserva no seu site, isto pode ser conseguido ao colocar apenas uma pequena parte do inventário na plataforma.

2 – Divulgue os seus serviços online tanto quanto possível

OTAs (Online Travel Agencies) são o segundo e terceiro anunciantes principais no Google. Uma das maiores diferenças entre as OTAs (Online Travel Agencies) e os hotéis é o valor que cada um gasta anualmente em marketing. Por exemplo, a Priceline gastou cerca de 2,8 milhões de dólares em marketing no ano passado, enquanto o orçamento de marketing anual estimado da Marriott é de cerca de 100 milhões de dólares. De acordo com a Morgan Stanley Research, a Priceline e a Expedia gastaram juntas, mais de 5,7 milhões de dólares em publicidade direta, enquanto as cinco maiores marcas hoteleiras (Hilton, Marriott, IHG, Choice e Accor) gastaram no total 5,3 milhões de dólares.

Uma ótima opção de marketing para hotéis independentes, é o marketing de conteúdo. O marketing de conteúdo, é a produção de conteúdo convincente, como guias de instruções, galerias de fotos e vídeos que inspirem os hóspedes a reservar diretamente com no site da propriedade. No entanto, esse é um trabalho constante e leva muito tempo. Pode exigir a contratação de alguém, ou a necessidade de terceirizar o trabalho, entregando esta tarefa a profissionais que criem e publiquem conteúdo relevante e convincente. O conteúdo certo e, os comentários positivos de convidados positivos impulsionam a reserva direta do hotel.

3 – Recompense os Bookers diretos

O principal motivo pelo qual os hóspedes visitam o site do hotel, e acabam por fazer a reserva em OTAs (Online Travel Agencies), é porque acreditam que as OTAs oferecem melhores taxas. Os hotéis ao aderirem às OTAs, concordam em submeter-se a uma taxa de paridade. A taxa de paridade, significa que aceitam vender o seu inventário no seu site, por um valor nunca mais baixo do que aquele que é praticado para o seu hotel nas plataformas. Infelizmente, de acordo com a RateGain, 65% -98% dos hotéis de quatro estrelas oferecem os seus quartos mais baratos nestas plataformas, do que no próprio site. Isto pode ser um problema, porque as tarifas mais baratas devem estar sempre no site do hotel; apesar de este acordo da taxa de paridade, geralmente não incluir o banco de dados de marketing do hotel.

O banco de dados de marketing de hotéis inclui seguidores de redes sociais, assinantes de e-mail e membros dos programas de fidelização de clientes. O marketing para este segmento pode aumentar as reservas diretas do hotel. Oferecer a mesma taxa que a OTA (Online Travel Agencies) pode não levar a uma reserva direta e o proprietário do hotel não está autorizado a oferecer uma taxa mais baixa. No entanto, os proprietários dos hotéis podem oferecer mais – adicionar incentivos, como upgrades gratuitos, café da manhã gratuito ou pacotes especiais disponíveis apenas no site do hotel, estas ofertas incentivarão os clientes a reservar diretamente.

4 – Melhore a experiência do utilizador

Assim que o potencial cliente entra no site do hotel, é crucial que o próprio site, seja ele na versão móvel ou de desktop, seja envolvente e de fácil utilização. O site tem que ser intuitivo, enriquecido com conteúdos digitais interessantes e informações de preços em tempo real. O serviço ao cliente deve estar disponível a cada 24 horas para esclarecer as perguntas dos visitantes. O site deve incluir informações sobre a propriedade e os visitantes precisam de ter acesso a essas informações a qualquer momento durante sua visita no site. Melhorar a experiência do utilizador é uma grande vantagem dos hotéis em relação às OTAs (Online Travel Agencies).

5 – Desenvolver o Ativo Principal – Lealdade do Cliente

Para manter a lealdade do cliente e encorajar a reserva direta, os hotéis devem agradar e surpreender os hóspedes para construir uma relação duradoura. Mesmo quando um hóspede não reserva diretamente, dar-lhes uma experiência memorável pode ser suficiente para convencê-los a reservar diretamente na próxima vez. Os hotéis devem aproveitar a comissão que estão a pagar às OTAs (Online Travel Agencies) para converter um visitante que chega através da plataforma num cliente fiel. Os gerentes do site devem responder às opiniões e comentários on-line dos clientes; respondendo a avaliações negativas e menos positivas com uma postura positiva.

Nos sites das OTAs (Online Travel Agencies), deve falar sobre incentivos e valor agregado, como descontos. É aconselhável fornecer links de retorno, que quando necessário, levem os clientes de volta ao site do hotel, já que os visitantes que visitam o site podem partilhar o seu endereço de e-mail e desta forma tornarem-se clientes diretos. O comentário pessoal do proprietário ou gerente do hotel é algo que os hóspedes valorizam, melhorando assim a perceção da marca. Os hotéis também devem educar seus funcionários sobre como transformar um visitante num cliente direto usando formações sobre fidelização de clientes. A equipa deve conhecer todas as ofertas e promoções mais recentes para que possam facilmente explicar os benefícios da reserva diretamente aos clientes. Além disso, a equipa de check-in deve ser instruída para recolher os endereços de e-mail dos convidados que reservarem via OTAs (Online Travel Agencies) para fins de marketing direto no futuro.

2017-08-17T09:29:37+00:00 Agosto 11th, 2017|Mix2TravelPT|